PM prende acusado de aterrorizar Favela do Sabão

Publicado: 27 de janeiro de 2008 em Uncategorized

CLIQUE PARA VER FOTOS

Agentes do Serviço de Inteligência (P-2) do 12º BPM (Niterói) prenderam Wiliam Santos Ferraz, o Robson Sem Dente, 18 anos, após perseguição e troca de tiros na Favela do Sabão, no Centro de Niterói, no início da tarde de ontem.
Oriundo da Vila dos Pinheiros, no Complexo da Maré, Robson Sem Dente é acusado de assassinar a dona de casa Ana Cristina Carlos Siqueira, 18, e atear fogo em seu corpo, há cinco meses.
O crime teria sido cometido a mando do traficante Celso Vinícius Flores Menezes, o Moedinha, juntamente com outros comparsas, porque ele descobrira que a mulher se aproveitava de sua prisão para traí-lo.

Contra Robson Sem Dente havia um mandado de prisão preventiva decretada pela Justiça. Os PMs chegaram até ele após investigação e tiveram trabalho para alcançá-lo e detê-lo. Assim que notou a chegada dos policiais, ele tentou fugir, pulando por cima de casas da favela e chegou a quebrar vários telhados.
Enquanto ele corria, seus comparsas atiravam contra os PMs, que revidaram e iniciaram um tiroteio. Ligados à facção criminosa Amigos dos Amigos (ADA), eles conseguiram fugir, mas Robson Sem Dente – que, segundo a Polícia, estaria gerenciando a venda de drogas na localidade – foi preso após cair no terreno de um depósito de gás.

Na tentativa de fuga, ele sofreu ferimentos no rosto e foi levado ao hospital, onde recebeu atendimento médico, sendo liberado logo em seguida.

No bolso dele, os PMs encontraram uma granada. Na Central de Flagrantes que funciona na 78ª DP (Fonseca), para onde ele foi levado, descobriu-se que Robson Sem Dente já havia sido detido ou-tras duas vezes, quando ainda era menor de idade.

Apreendido pela primeira vez por porte ilegal de arma, ele foi internado no Centro de Recursos Integrados de Atendimento ao Menor (Criam), de onde fugiu e para onde foi levado novamente logo depois. Desta vez, por tráfico de drogas.

Após ser autuado na 78ª DP, ele foi levado para a 76ª DP (Centro de Niterói) – unidade que investiga os crimes praticados por ele no interior da Favela do Sabão.

O delegado Mário Azevedo, titular da 76ª DP, responsável pela instauração dos inquéritos contra ele, tomou seu depoimento e providenciou sua transferência para a carceragem da Polinter, em Neves.

O último crime

De acordo com a Polícia, Moedinha ligou para seus comparsas do interior do Complexo de Bangu, onde está preso, ordenando o assassinato da mulher.

A jovem foi chamada pela sogra ao telefone celular, de madrugada, e quando saiu de casa e o atendeu, foi fuzilada com vários tiros, em agosto do ano passado.

Depois, teve seu corpo arrastado para fora da favela e jogado junto ao estacionamento de um supermercado localizado ao lado da favela e do acesso à Ponte Rio-Niterói.

About these ads
comentários
  1. vasconcellos disse:

    esse vagabundo tem que apodrecer na cadeia.espero que a justiça não solte esse bandido.

  2. vasconcellos disse:

    valeu pretinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s