Morre enteada do traficante Nem da Rocinha

Publicado: 9 de outubro de 2012 em Uncategorized
Tags:, , ,

Morreu de pneumonia, aos 14 anos de idade, a estudante Beatriz Rangel, filha da enfermeira Danúbia de Souza Rangel, 28, com o traficante Luiz Fernando Sales da Silva, o Mandioca – morto aos 20 anos, em confronto com a PM, em 2003 – e enteada de Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, 36 – preso desde novembro de 2011 e atualmente na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Com mais de 3 mil assinantes e 600 amigos no Facebook – onde criou perfil em julho -, a jovem – que era fã do Grupo Bom Gosto, Thiaguinho e Cauã Reymond – curtia marcas como Yves Saint Laurent, Guess, Calvin Klein, Maria Gueixa, Louis Vuitton e Colcci e passava o tempo da internação hospitalar conversando com amigos pela rede social.

No dia 21 de setembro ela postou: “Como uma pessoa fica 2 semanas com febre direto, isso é normal meu Deus ? :(“. A pergunta recebeu 28 comentários e um conselho para que ela corresse para o médico e fizesse exames, ao que ela respondeu que já tinha ido, mas que os exames não detectaram nada.

Três dias depois, escreveu: “Odeio hospital!!!!! :@ :’(“. Entre suas principais reclamações, a qualidade da comida. Entre uma visita e outra, comemorava quando alguém levava um lanche do Bob’s ou do Mc Donald’s, e também festejou ao ganhar chocolates da Kopenhagen – deixando claro sua adoração por toda a linha Língua de Gato.

No dia 29 de setembro postou: “Realmente, a coisa mais importante na nossa vida é a nossa saúde, não há dinheiro q compre ! :/” e, logo depois: “Ai não agüento mais ser furada. #pena dos meus braços :(“

Demonstrando expectativa de receber alta no dia 1º de outubro, continuou internada e acabou morrendo após três paradas cardio-respiratórias, na madrugada de segunda-feira, dia 8. O corpo foi sepultado nesta terça-feira, dia 9 de outubro, no Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul do Rio.

Presa em novembro do ano passado acusada de envolvimento com o tráfico de drogas na Favela da Rocinha, em São Conrado, na Zona Sul do Rio, a mãe dela ficou na cadeia pouco mais de três meses. Ela estava em liberdade desde março, por determinação do juiz Marcello de Sá Baptista, da 14ª Vara Criminal. O magistrado entendeu que as acusações contra ela não foram comprovadas.

Orgulhosa da mãe, a menina sonhava cursar Medicina e viajar para a Disney – e pretendia realizar a viagem em janeiro de 2013, em troca da festa de 15 anos. Como qualquer pré-adolescente de sua idade, compartilhava a vida em inúmeras redes sociais. Em uma delas, respondia a perguntas enviadas por amigos e também por desconhecidos.

Ao ser questionada se tinha vergonha da mãe, respondeu: “Não, tenho orgulho por ela ser guerreira. Não penso em seguir os caminhos dela e nem ela quer.”

Uma nova postagem veio com a pergunta: “Então você acha que ser mulher de traficante que acaba com a vida de muitas pessoas por causa das drogas que eles vendem é ser guerreira?”, e ela escreveu: “Não, mas sim pelas lutas que ela passa por ser uma.”

Falando dos seis irmãos que tinha por parte de padastro – dois com a mãe dela -, revelou só não manter bom relacionamento com a mais velha, Tayna, e lembrou do melhor passeio que fez com a mãe assim que ela saiu da prisão: no RioZoo, na Quinta da Boa Vista.

lmd_source=”24869376″;
lmd_si=”33505537″;
lmd_pu=”22478543″;
lmd_c=”BR”;
lmd_wi=”300″;
lmd_he=”250″;

About these ads
Comentários
  1. Martin disse:

    A morte tá por aí… Não importa se é jovem ou velho, preto ou branco, pobre ou rico, bandido ou honesto, se usufrui da grana do tráfico e não tem nada a ver com ele… Todos morrem um dia. Uns mais cedo, outros mais tarde.

  2. Raphaella disse:

    Informaçoes erradas… A garota não tinha boas relações com o padrasto, e ele com sua mãe tinha apenas 1 filha de 3 anos. As filhas com a que a mesma tinha uma relação mais estável eram Tayna (não biologica de Nem, filha de sua ex mulher com outro homem, porem tinham carinho de pai e filho um pelo outro) e Eduarda (o pivo de Nem e trafico, a qual adoeceu e o fez recorrer a criminalidade). Bia demorou muito a ser medicada, e por isso fez uma gripe se tornar uma pneumonia aguda. Outro fator que não ajudou na cura da menina, foi sua alimentação, que era pessimaaaaa. Segundo amigos ela comia em fast foods quase sempre, e gastava todo seu dinheiro com guloseimas na escola.

    • ELAINE disse:

      POXA,MAS PQ DEMOROU?SE ELA FICOU INTERNADA 14 DIAS ACHO Q TERIA TEMPO SUFICIENTE PARA CURAR UMA INFECÇÃO…EU TIVE TUBERCULOSE E NEM PRECISEI DE FICAR INTERNADA,SEI LÁ…(A GENTE FICA PROCURANDO UMA JUSTIFICATIVA)ACHO Q DEVE SER ERRO MÉDICO,AÍ TO TÃO TRITE!!

      • Raphaella disse:

        Ela que demorou pra procurar um medico, teve febre direto porém achou que antibioticos resolveriam. Depois de isso se tornar constante que a familia resolveu consultar algm

  3. twany disse:

    que saudade da BIA! :(

  4. cristina moraes disse:

    realmente é muito triste pq ela era muito nova meus sentimentos a familia

  5. guilherme disse:

    Mt saudade Dessa menina amei e amo muito ela nunca vo esquecer’ a nossa ultima converssa foi uma coisa q me deixou tão feliz q até tirei um print http://www.facebook.com/photo.php?fbid=275309795914000&set=a.112022828909365.15812.100003049460153&type=1&theater

    não consigo se quer olhar para essa converssa q só me faz lembrar dela e chorar muito’!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s