Delegado acusado de forjar blitz em Niterói é investigado

Publicado: 12 de setembro de 2007 em Uncategorized

A corregedora de Polícia Civil, Ivanete Araújo, afirmou já ter elementos para constatar abuso de autoridade, usurpação de função pública e prevaricação no caso que investiga os desvios de conduta praticados pelo delegado Célio Eduardo Alcântara Rocha Erthal, adjunto da 50ª DP (Itaguaí). “A confusão é grande e a situação de Erthal é bastante complicada. Ele não apresentou nenhuma justificativa plausível para tantas transgressões das normas policiais. Ou seja, para o fato de estar fazendo diligências fora da jurisdição dele, sem ter dado ciência ao titular da delegacia dele ou da autoridade policial da região. Ele também permitiu que um agente atuasse como policial, efetuou abordagens irregulares e não explicou a arma adulterada encontrada no carro dele” destacou Ivanete.

O delegado e o agente do Departamento do Sistema Penitenciário do Rio de Janeiro (Desipe), Marcelo Carvalho de Oliveira, são acusados de praticar assaltos e serem agressivos em três blitzens não autorizadas em Niterói, nos bairros Icaraí e Centro. 

Ele tem dois anos de polícia e está exercendo o cargo por força de uma liminar judicial – já que não foi aprovado no concurso e recorreu à Justiça para não perder a vaga. Além disso, ainda está em fase de estágio probatório – o que permite que seja demitido dos quadros da Polícia Civil.  

As arbitrariedades praticadas pelo grupo, tendo à frente o delegado, começaram por volta das 23h do dia 4 de setembro, quando ele, o agente penitenciário e outros dois policiais civis (um deles lotado na Polinter e outro na 137ª DP (Miracema)) realizavam uma falsa blitz na Avenida Roberto Silveira, próximo ao Campo de São Bento. Todos estavam armados com pistolas e usavam o Santana verde placa LAJ 0035 (carro descaracterizado da Polícia Civil) com giroscópio, um Pólo escuro e o Escort azul placa LBX 6121.

Os PMs contaram que o delegado e seus comparsas assaltavam um taxista no momento em que chegaram. No entanto, o delegado disse que se tratava apenas de uma revista de rotina, que o carro era suspeito de transportar drogas, e, por isso, os PMs foram embora e continuaram o patrulhamento de rotina.

Pouco depois, segundo a Polícia, no mesmo local, a Picape de um supervisor de vigilância também foi parada. Eles teriam roubado os documentos do motorista e R$ 70 em espécie. A terceira vítima teria sido um dentista abordado no Centro da cidade.

Os homens só foram presos quando se envolveram em confusão no interior de uma “termas” localizada na Rua da Conceição. Visivelmente embriagados, quebrararam as câmeras de segurança do local. A PM foi chamada e se depararam com o mesmo grupo. Os dois policiais civis fugiram e o delegado e o agente de Desipe foram levados para a 78ª DP (Fonseca).

Com a dupla, os PMs apreenderam a viatura descaracterizada, duas pistolas e um revólver. Ainda segundo a Polícia, uma das pistolas – nove milímetros (calibre proibido) – tinha a numeração raspada e estava acautelada na 50ª DP, sendo usada ilegalmente pelo delegado.

Esqueci de um detalhe: a noiva do delegado, a delegada Raíssa Cellis, adjunta da 78ª DP, foi flagrada por uma equipe de televisão tentando minimizar o ocorrido.

Por conta disso, também passou a ser investigada. “Ela chegou à delegacia e começou a manter diálogos com os policiais militares tentando dissuadí-los de apresentar a ocorrência. Na área disciplinar, chamamos de sentimento pessoal”, explicou a corregedora. A delegada pode ser afastada por até 41 dias.

De acordo com a ficha levantada pela Corregedoria, Célio Eduardo foi nomeado delegado adjunto em 2005 por força de uma liminar. Sua nomeação definitiva como delegado está sub judice. Um dos policiais que participou da falsa blitz estaria respondendo a um inquérito disciplinar.

Assistir ao vídeo da reportagem transmitida pela  Rede Globo AQUI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s