Comentários rápidos e ligeiros sobre "Tropa de Elite"

Publicado: 25 de setembro de 2007 em Uncategorized

A pedidos, vou comentar aqui – muito rapidamente – o filme (ainda vou ao cinema, no dia 12 de outubro, para ver em sessão especial)…

…então vamos às críticas…

Quem disser que aquilo que é mostrado ali não existe está mentindo…

Realmente, em muitos casos, os oficiais mandam os praças “jogar” corpos na área de batalhões vizinhos… para o índice estatístico não ficar alto…

Já presenciei isso ocorrer ali no Morro do Castro – de um lado é São Gonçalo (área do 7º BPM) e atravessando a rua é Niterói (área do 12º BPM)… não vou citar o ano para não comprometer os oficiais que comandavam as respectivas unidades na época…

Mas não é e não foi fato isolado…

Oficial pegando dinheiro de traficante, de bicheiro e de outras coisas também não é ficção. E foi bom retratarem isso no filme porque as pessoas em geral acham que somente os praças “pegam dinheiro”…

E praças substituindo peças dos carros que estão na oficina… quem conhece a realidade dos bastidores e do cotidiano reconheceu muitas cenas ali como de fato verídicas e bem reais…

Agora não posso deixar de ressaltar duas coisas…

1º- lógico que não se pode generalizar. há muitos oficiais que honram a farda – assim como há muitos praças que fazem o mesmo;

2º- há corruptos e honestos em todas as unidades da PM – e o Bope é uma delas. não é verdade que nos batalhões “comuns” só existem maus policiais, assim como não é verdade que no Bope só existem bons policiais

E alguns dados importantes…

Nos últimos três anos, 637 PMs foram afastados ou expulsos da corporação por desvios de conduta.

Destes, 161 foram ao longo dos oito primeiros meses deste ano.

Em 2007, no total, 5.381 inquéritos policiais militares foram instaurados e 5.080 PMs foram punidos administrativamente.

Atualmente, 348 policiais estão presos no Batalhão Especial Prisional (lembrando que o ônus da prova cabe a quem acusa e que todos somos inocentes até prova em contrário).

Para quem diz que a maioria dos PMs não presta, estes números comprovam justamente que os que não honram a farda são a minoria – afinal, a PMERJ possui 40 mil homens.

Qualquer um bom em matemática é capaz de calcular a porcentagem estatística…

Anúncios
comentários
  1. BARBONOS disse:

    PARABÉNS PELA SÍNTESE DO FILME, OU SEJA, SOBRE O QUE ELE PRETENDE LEVAR AO PÚBLICO.
    APROVEITAMOS PARA LEVAR AO CONHECIMENTO DOS SEUS LEITORES, QUE POR VENTURA NÃO COINCIDA COM OS NOSSOS, QUE A NOSSA LUTA POR MELHORES SALÁRIOS CONTINUA. EM BREVE MARCAREMOS DATA PARA UMA GRANDE MANIFESTAÇÃO DE INCONFORMISMO COM O TRATAMENTO DISPENSADO PELO GOVERNADOR DO ESTADO COM A NOSSA INSTITUIÇÃO.
    ESTAMOS ATENTOS NO NOSSO BLOG.

  2. Ressalte-se também que, corrupção não é apenas aceitar dinheiro para deixar de fazer ou fazer policiamento em locais indevidos. TORTURA também é algo imoral e ilegal. Independentemente do grau de realidade do filme, ele trouxe ao público a reflexão na polícia que a sociedade tem, ao tempo que questiona que polícia ela quer.

  3. Danillo, só enxergo as coisas de um modo..

    No Rio de Janeiro, temos criminosos cruéis que não pensam duas vezes antes de apertar um gatilho.

    Semana passada, em São Gonçalo, dois homens e uma mulher assaltaram um senhor de 68 anos de idade e levaram seu Palio. Ele foi abordado na porta da igreja, quando chegava para um culto.

    Quando os bandidos encontraram documentos no interior do veículo que revelavam a identidade da vítima – um sargento reformado da PM – deram ré, retornaram à calçada onde haviam deixado o policial, desceram do carro, deram coronhadas na cabeça dele e atiraram na perna do sargento.

    Pelo simples fato de que era um PM.

    A maldade, crueldade e perversidade dos marginais não têm tamanho.

    Então, se alguém tem que chorar – que vão me desculpar alguns – mas que chorem as mães deles, e não a minha. Que chorem as mães deles e não as mães de policiais, de trabalhadores, de pessoas honestas.

  4. […] para sacramentar, o post do Pauta do Dia: “1º- lógico que não se pode generalizar. há muitos oficiais que honram a farda – assim […]

  5. Lia Gomes disse:

    Roberta….quantas x vc já deve ter visto pessoas que em determinada situação…EX: doc atrasado do carro fica feliz e contente por que perdeu um trocadinho para policial…Nossa nessa hora o cidadão não se dá conta de que está colaborando para que esse fato nunca mude….As pessoas de modo geral tende a criticar serviços de alguns policias sujos, serviços estes que costuma a usar….toda forma de corrupção, mal comportamento e sacanagem….só são vendidas por que tem quem as compre.

    Acho que muitas pessoas não respondem com honestidade…A pergunta: Qual é a policia que queremos?

    Beijos enormes…..Lia Gomes

  6. Lucas Ferrara disse:

    O filme mostra o que a muito tempo o Brasil precisava ver. Tem gente que fala q os policiais atiram antes para perguntar depois, e os bandidos que atiram antes e depois e não querem saber quem é a pessoa nem de onde ela veio.
    Se hoje temos uma polícia violenta desse jeito e não adianta nada imagina se a nossa policia fosse pacifica, não atirasse nem para se defender, sinceramente se fosse assim não existiriria mais segurança em nosso país.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s