Mais um capítulo da luta dos militares da Polícia e dos Bombeiros do Rio

Publicado: 20 de fevereiro de 2008 em Uncategorized

Recebi, agora há pouco, a notícia de que um novo movimento surge para acrescentar força à luta dos integrantes do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.

Luta esta que, diga-se de passagem, deveria ser (e acredito que esteja começando a ser) de toda a sociedade. Não somente porque bombeiros e policiais militares são pessoas como nós: como nossos vizinhos, amigos e familiares e saem da mesma sociedade da qual fazemos parte.

Mas também e, principalmente, porque deve ser do interesse de todos nós proteger a quem nos protege; defender a quem nos defende.

Não vamos entrar no mérito dos casos de desvio de conduta – eles acontecem em toda e qualquer profissão, e não somente nas Polícias. E acontecem devido a desvios de caráter e personalidade (a pessoa sem caráter, ou possuidora de um caráter duvidoso, será um mau profissional em qualquer área).

Mas a questão é outra. A questão é bem simples: quando você é reconhecido e valorizado em seu emprego, quando você é remunerado justamente pelas funções que exerce, quando você sabe que sua família está segura e que pode garantir segurança a ela mesmo em sua ausência, você rende mais e melhor.

Quando você recebe condições dignas de trabalho, isso reflete positivamente. Principalmente se seu emprego é servir e proteger. Principalmente se sua função é arriscar a própria vida por alguém que sequer conhece.

A reivindicação por melhores salários e por viaturas, coletes, armamento, deve ser não somente de uma classe: mas de todos nós.

Abaixo, reproduzo a carta que recebi. E torno público todo o meu apoio.

Mulheres de atitudes independentes venham participar do movimento de apoio à mobilização cívica por reajuste salarial, condições adequadas de trabalho e resgate da cidadania da PMERJ e do CBMERJ.

Esse será um movimento que promoverá vários encontros e em breve estaremos colhendo os frutos das sementes que estamos plantando hoje, com compromisso e amor.

Aplaudiremos com entusiasmo o sabor de uma grande vitória, vitória essa que não será só da família PMERJ; da família CBMERJ; das Organizações Não Governamentais; das Instituições Públicas e Privadas; mas sim de toda a sociedade, que luta pelo direito de viver de maneira mais justa, ordeira e harmônica.

Nos destacamos por preservarmos costumes, aprimorarmos qualidades, como a boa índole, algo incorruptível, intocável, uma herança valiosa que Deus nos delegou para ensinarmos.

“NOSSOS MILITARES GRITAM POR SOCORRO!”

Nós mulheres aparentemente frágeis, somos a grande esperança deles, para fazê-los serem ouvidos.

Eles são nossa carne, nosso sangue e o sentido do nosso viver.

Repassaremos às novas gerações um legado maior: o bom e eterno convívio familiar.

Vamos compartilhar nossos pensamentos, nossos ideais, nossos sonhos e deixar surgir uma nova ordem.

O passado batiza o caminho do futuro e redimensiona o presente.

Mulheres de atitudes independentes: unam-se a nós!

“ONTEM FOI EMBORA. O AMANHÃ AINDA NÃO VEIO. TEMOS SOMENTE HOJE. COMECEMOS!”
(MADRE TERESA DE CALCUTÁ)

Anúncios
comentários
  1. JUNTOS SOMOS FORTES disse:

    Emociona ler estas palavras, pois contém um dos mais sublimes sentimento humano – a solidariedade. Nossas MÃES, ESPOSAS, FILHAS, IRMÃS, PRIMAS, SOGRAS, enfim, NOSSAS AMIGAS E COMPANHEIRAS DE TODAS AS HORAS, sentem e sofrem com seus MILITARES. Toda a sociedade carioca quer, precisa e merece que seus HERÓIS SOCIAIS – PMs e Bombeiros – sejam valorizados, para que dêem o merecido valor à VIDA e ao PATRIMÔNIO de todos.
    Parabéns, Roberta! E OBRIGADO.

    JUNTOS SOMOS FORTES!

  2. Mônica disse:

    Roberta, depois de você aprendi a não generalizar mais os repórteres, Sempre os tive como adversários e você tem se mostrado uma aliada na luta dos policiais, sempre com responsabilidade em suas “reportagens”, você mereceu mesmo sua promoção. Deus te guie e sempre te abençoe

    Praças da PMERJ

  3. Parabens pela postagens, estou apenas informando que estou de volta nos Blogg e solicito que me ajude a divulgar a informação abaixo:Transcrição da Parte

    POLÍCIA MILITAR DO ESTADO D O RIO DE JANEIRO
    DIRETORIA GERAL DE SAÚDE
    POLICLINICA DA POLICIA MILITAR/CASCADURA

    Do: MAJ PM SUB-DIRETOR ADM.
    Ao: Sr CEL PM DIRETOR
    ASSUNTO: Denúncia Sobre Negligência do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

    PARTE

    O signatário participa-vos que no dia 05 de fevereiro de 2008, terça-feira de Carnaval, por volta das 06:30 horas, este signatário percebeu a chegada de dois veículos em alta velocidade, seguindo pela Rua Baronesa do Engenho Novo sentido Rua Álvaro Seixas, pela contramão de direção, sendo que logo em seguida foi estacionado na calçada, nas proximidades da esquina da Rua Baronesa do Engenho Novo com Rua Maximiniano de Figueiredo, próximo a uma Industria de telas, o veículo Ford, de cor azul metálica, placa LNC7707RJ, enquanto outro veículo de cor preta ao qual não pode ser identificado pelo signatário aguardou ao lado com o motor ligado. Que em seguida desembarcou do veículo Ford/Fiesta, Placa LNC7707RJ, um casal de cor branca, estando o homem usando camisa de cor azul clara, boné de cor clara e bermuda, e a mulher usando bermuda jeans e blusa vermelha, que retiraram do porta malas alguns pertences e em seguida entraram no outro veiculo de cor preta que estava sendo conduzido por um homem de cor escura e camisa listrada e mantinha o motor do veículo ligado. Que em seguida o veículo preto saiu em alta velocidade pela Rua Maximiniano de Figueiredo, sentido Rua Dois de Maio, Engenho Novo. Que o fato ocorreu em fração de no máximo 05 (cinco) minutos e o signatário encontrava-se na janela da porta de ferro que dá acesso a varanda do segundo andar de residência onde reside, dificultando qualquer tipo de intervenção deste signatário no fato. Que de imediato realizou contato com a Sala de Operações do 3º BPM, através do Nextel nº55*1030*98, a fim de solicitar uma abordagem no veículo preto e conferência da placa do veículo Ford/Fiesta, azul metálico, de placa LNC7707RJ, ano 1999, Chassi 9BFNGZFHAYB2888686, a fim de conferir se era ou não registrado como roubado ou furtado. Cito que este signatário já providenciou a recuperação de cerca de 08 (oito) veículos nas proximidades da residência onde reside, diretamente ou indiretamente com a utilização de equipes de serviço do 3º BPM ou do extinto BPCHOQUE/GETAM, todos frutos de Roubos ou Furtos. Que apesar de saber através da consulta do PRODERJ, via Nextel nº 55*24*36801 de propriedade do declarante, constar “Restrição Policial, informe a Polícia” o que indica ter sido feito algum tipo de Registro de Ocorrência do tipo Roubo ou Furto, o mesmo não pode ser rebocado para o Pátio Legal devido ao fato do Sistema só permitir a utilização do Pátio Legal quando o policial militar estiver de posse do nº do Registro de Ocorrência e da Delegacia onde foi registrada, sendo que segundo os Operadores da Sala de Operação do 3º BPM durante o período de terça-feira dia 05 de fevereiro de 2008 até domingo dia 10 de fevereiro de 2008, o Sistema do PRODERJ se encontrar fora da Rede não permitindo que fossem obtidas as informações necessárias para a recuperação do veículo. Que durante o período de 06:30 horas de 05 FEV 08 às 18:00 horas do dia 09 FEV 08 este signatário manteve vigilância no veículo, mas que durante o período de 18:00 horas de domingo dia 09 FEV 08 à 02:00 horas do dia 10 FEV 08 este signatário esteve fora de sua residência e que ao retornar o veículo já havia sido levado do local.
    Do exposto, este signatário participa-vos o fato narrado a fim de que seja encaminhado ao Sr. CEL PM CMT GERAL da PMERJ a fim de apurar se houve ou não falha no Sistema do PRODERJ ao qual poderia prejudicar o serviço de recuperação de Autos Roubados e Furtados, e caso seja confirmado o problema, a fim de que seja cumprido o previsto nos incisos XXII – “é garantido o direito de propriedade” e XXXII – “o Estado promoverá, na forma da lei, a defesa do consumidor”, tudo do artigo 5º, do capitulo I, do Título II da Constituição Federal, promulgada em 05 de outubro de 1988 e do Artigo 144 – “A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos: I- Polícia Federal; II- Polícia Rodoviária Federal; III- Polícia Ferroviária Federal; IV- Polícias Civis; e V- Polícias Militares e Bombeiros Militares”, encaminhar a presente participação com a devida informação da falha administrativa do Estado do Rio de Janeiro para os meios de comunicação para que o proprietário do veículo possa junto a um advogado avaliar se cabe ou não um processo de indenização pela perda de seu veículo e com isso ajudar ao Governo do Estado do Rio de Janeiro a corrigir as falhas que possam prejudicar a prestação de serviço de “Segurança Pública”.
    Outrossim, informo-vos que a presente parte será divulgada no Blog deste signatário, de nome “A Polícia Militar como ela deve ser” para garantir que através da internet seja preservado o direito do cidadão, proprietário do veículo Ford/Fiesta, de cor azul metálica, placa LNC7707RJ.

    Rio de Janeiro, em 11 de fevereiro de 2008.

    EIMAR RODRIGUES PEREIRA
    MAJ PM RG 52.830
    muito obrigado, a principal finalidade da Polícia Militar é garantir os direitos do cidadão e dessa forma garantir a Segurança Pública e não ser escravo ou do Estado. Quando o Estado ou algum representante dele comete algum crime a Polícia Militar não deve se omitir ou ser conivente, deve sim conforme art 144 da Constituição Federal garantir o direito do povo, caso contrário não estamos em uma Democracia e sim numa “Ditadura Velada e Tirana”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s