Presos pulam de viatura em movimento e fogem

Publicado: 14 de dezembro de 2008 em Uncategorized

Fotos: Bruno Gonzalez

Policia

Nove detidos arrebentam a chutes a porta traseira de uma viatura de transporte de presos e, algemados em duplas, se jogam do veículo em movimento. Parece roteiro de filme de ação, mas a cena aconteceu na terça-feira, dia 9 de dezembro, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, e mobilizou dezenas de homens da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e da Polícia Militar na caça aos fugitivos. Até o início da noite, quatro haviam sido recapturados e cinco continuavam foragidos.

Policia

Dois agentes penitenciários transportavam 18 presos no veículo – que tem capacidade para 16. Eles tinham deixado dois no Fórum de Nova Iguaçu e se dirigiam para o Fórum de Duque de Caxias para deixar outros, quando notaram a porta traseira aberta. Quando pararam a viatura, na localidade conhecida como rótula da Bayer, perceberam que apenas sete detentos continuavam na caçamba.

fuga-de-presos-21

Os agentes buscaram os presos no Complexo de Japeri – composto pela Penitenciária Milton Dias Moreira, pelo Presídio João Carlos da Silva e pela Casa de Custódia Cotrim Neto – e não contavam com escolta.

Depois de deixar a primeira dupla em Nova Iguaçu, ainda teriam que distribuir os outros para prestar depoimentos em fóruns da Capital, de Duque de Caxias e de São João de Meriti, além de levar um preso que estava sendo transferido para o Presídio Ary Franco, em Água Santa, e um outro que deveria realizar um exame no Instituto Médico Legal (IML).

fuga-de-presos-16

O deslocamento de presos para audiências na Justiça é realizado por duplas do Serviço de Operações Especiais (SOE) e do Grupamento de Serviço de Escoltas (GSE) em todo o Estado do Rio de Janeiro. Os agentes denunciam que muitas vezes ficam responsáveis por até 30 presos, sem auxílio de escolta ou uma segunda viatura em apoio.

– Não há condições de trabalho. Não há sequer algemas. Usamos uma por dupla e às vezes até algemas particulares, que acabamos comprando por R$ 50, com dinheiro do nosso bolso. Recebemos um cadeado para trancar a viatura. Há duas celas dentro e mais a porta traseira. Os agentes acabaram optando por usá-lo na porta externa. As grades das celas foram fechadas apenas com as trancas de ferro. As viaturas também estão sucateadas. Algumas têm buracos na parte de trás – denunciou um agente penitenciário.

Policia

Os primeiros recapturados foram Valquírio de Mattos Correa, 34 anos, e Luciano Lopes da Silva, 30. Eles estavam algemados e com ferimentos nas costas andando pela Avenida Benjamin Pinto Dias, no Centro, quando foram surpreendidos por policiais da 54ª DP (Belford Roxo), que desconfiaram da cena. Levados para a delegacia, se mostraram conformados com a falta de sorte e até posaram para a fotografia no momento em que eram colocados na viatura que os levaria para receber atendimento médico no Hospital Municipal Jorge Júlio Costa dos Santos, mais conhecido como Hospital do Joca, no Piam.

fuga-de-presos-11

Pouco depois, policiais militares do 39º BPM (Belford Roxo), prenderam Luiz Fernando da Conceição Moreira, 21, próximo ao viaduto da Avenida Coelho da Rocha, em frente à garagem da viação Itapemirim. Ele já havia cerrado a algema e chamou a atenção de moradores devido aos ferimentos.

– Trabalhamos em uma cabine próxima ao local e fomos chamados por moradores que disseram que havia um foragido tentando se esconder no endereço – relatou um dos PMs que participou da ocorrência.

fuga-de-presos-10

O quarto fugitivo também foi recapturado pela PM na Avenida Joaquim de Costa Lima, próximo à Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae).

fuga-de-presos-8

Ele foi identificado como Robson da Silva Gonçalves. Policiais militares e agentes da Seap realizaram diversas buscas a pé e com auxílio de viaturas nas principais entradas e saídas do município, principalmente em matagais e sob viadutos, e em favelas localizadas à beira da Rodovia Presidente Dutra. Até o início da noite, cinco presos continuavam foragidos: Anderson da Silva de Paula, Wellington Vieira Euzébio, Adriano Pereira da Silva, Anderson Miguel da Silva e Igor Arthur Guimarães.

fuga-de-presos-15

A delegada Marina Madalena Carnevale, adjunta da 54ª DP (Belford Roxo), instaurou inquérito para apurar a fuga e ouviu os dois agentes penitenciários que estavam na viatura no momento da fuga e os sete presos que não pularam do veículo, além dos outros quatro que foram recapturados.

fuga-de-presos-18

Anúncios
comentários
  1. Flávio disse:

    Os agentes ainda irão responder pela ineficiência do Estado em fornecer o básico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s