Polícia descobre cassino clandestino em Cascadura

Publicado: 18 de fevereiro de 2009 em Uncategorized

Fotos: Bruno Gonzalez

Policia

Agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) foram pegos de surpresa enquanto investigavam uma suposta quadrilha que atuaria na Zona Norte do Rio. Ao chegar a um imóvel onde acreditavam funcionar um depósito para esconder cargas roubadas, os policiais se depararam com um cassino clandestino. A estimativa é de que os criminosos responsáveis pelo estabelecimento faturavam cerca de R$ 20 mil por dia.

“Estávamos investigando roubos de cargas nessa área e as equipes desconfiaram da movimentação estranha que havia nesse imóvel, com entrada e saída freqüente de muitas pessoas e de vários caminhões com caixas. Achávamos que aqui era um depósito de carga roubada”, revelou o delegado Herald Espíndola, titular da DRFC.

O imóvel, no número 77 da Rua Ernani Cardoso, no bairro Madureira, aparentava ser uma loja abandonada. Localizado entre um salão de beleza e uma lanchonete, o prédio possuía um portão de ferro azul que vivia trancado, dando a impressão de estar vazio. No entanto, em frente ao endereço, um porteiro controlava a entrada e saída de pessoas através de um controle remoto.

“Uma equipe de policiais disfarçados se aproximou da entrada e ouviram a pergunta: “vieram pra jogar?”. Assim que conseguiram entrar, avisaram à outra equipe que esperava do lado de fora de que havia máquinas de bingo no interior do estabelecimento”, explicou a delegada Márcia Beck, substituta da especializada.

Os policiais descobriram 109 máquinas, entre vídeo-bingos e caça-níqueis, e uma estrutura que os surpreendeu. Além de dois salões com ar condicionado, banheiros e bar, havia uma passagem secreta em um armário falso na cozinha. O espaço tinha como objetivo dar fuga para os clientes, que atravessavam a parede e saíam em um corredor que ligava o cassino a uma casa que dava acesso à Rua Padre Telêmaco. Tudo era monitorado por um sistema de circuito interno de segurança com câmeras espalhadas pelos cômodos.

Policia

Na ação de terça-feira, dia 18, os agentes apreenderam pouco mais de R$ 4 mil, no interior das máquinas, além de placas de computador, discos rígidos, documentos e um revólver Taurus calibre 38, encontrados no escritório que funcionava do outro lado da passagem secreta. No segundo imóvel também havia uma oficina de reparo das máquinas.

De acordo com cadernos de contabilidade encontrados no local, o local funcionava desde março do ano passado. O horário de funcionamento do cassino clandestino estava em um papel colado na parede: de segunda a sábado, das 14h às 4h, e aos domingos, de 14h às 2h.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s