Fotos: Pedro Pantoja

policia

O Núcleo de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro ofereceu denúncia contra o ex-policial militar Ricardo Teixeira Cruz, o Batman, 40 anos, por porte ilegal de arma.

De acordo com a denúncia, ao ser preso no último dia 13, no bairro Paciência, na Zona Oeste do Rio, Batman armazenava armas de fogo, carregadores, munições e artefatos explosivos em sua casa.

Todo o material bélico encontrado é de uso proibido ou restrito e estava com o ex-PM sem que ele tivesse a devida autorização, estando, portanto, em desacordo com determinação legal ou regulamentar.

Segundo os Promotores e Procuradores de Justiça que compõem o Núcleo de Combate ao Crime Organizado, as armas e munições apreendidas são oriundas de contrabando. Tal conclusão se dá pelo fato de o material ser de uso proibido em todo o território nacional, o que torna impossível particulares adquiri-lo por meios legais.

No momento em que Batman foi preso em flagrante, havia com ele, ainda, um colete tático de náilon – do tipo usado por policiais, um coldre tático de perna, duas toucas tipo ninja, uma bolsa tipo case – para o transporte de armas longas – e uma bolsa de náilon para armazenamento de carregadores de fuzil, entre outros bens, como veículo e dinheiro. Todo o material foi encaminhado ao Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), para perícia.

“Uma das grandes prioridades do Ministério Público é o combate ao crime organizado, principalmente às milícias”, afirmou o Procurador-Geral de Justiça, Cláudio Lopes.

Segundo o Subprocurador-Geral de Justiça de Atribuição Originária Institucional e Judicial – e Supervisor do Núcleo de Combate ao Crime Organizado -, Antônio José Campos Moreira, há outras denúncias contra o Batman, que se interligam.

“A prisão do ex-policial desarticula uma quadrilha e facilita as investigações, devido aos documentos apreendidos com ele”, disse Antônio José.

policia

Lista de armas e munições apreendidas com Batman:

1 pistola marca Glock, modelo 21, calibre .45, guarnecida com carregador de fibra municiado com 12 cartuchos íntegros;
1 pistola marca Glock, modelo 17, calibre 9mm, guarnecida com carregador metálico municiado com 17 cartuchos íntegros do mesmo calibre;
1 fuzil FAL, calibre 7.62, com numeração de série suprimida ou raspada, ostentando o brasão do Exército argentino;
1 fuzil FAL, calibre 7.62, com numeração de série suprimida ou raspada, marca Imbel;
22 carregadores metálicos para fuzil FAL, todos municiados, em um total de 434 munições do mesmo calibre, sendo 420 comuns e 14 com projéteis capazes de perfurar blindagem ;
20 munições calibre 9mm;
1 granada GL 307;
1 granada M-4;
1 granada M-3;
1 granada indoor de gás lacrimogênio

RELEMBRE A PRISÃO:

Da Batcaverna para a prisão: Missão Suporte da Polícia Civil prende Batman

LEIA MAIS AQUI:

Pauta do Dia no Top Blog!

Anúncios
comentários
  1. Noturno disse:

    É legal,+ eo Escangalhado e Chico Bala,vão ficar solto
    ou ñ podem ser presos pq vão jogar muita merda no ventilador
    do delegado Marcos Neves?

  2. […] MP denuncia Batman por porte ilegal de armas […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s