Homens invadem prédio e assaltam morador australiano

Publicado: 26 de agosto de 2009 em assalto, segurança pública, Zona Sul do Rio
Tags:, ,

Fotos: Felippo Brando

Australiano (3)

Um assalto frustrado levou pânico a moradores de um edifício no bairro de Copacabana, na Zona Sul do Rio, na manhã desta terça-feira, dia 25. Cinco homens armados com pistolas aproveitaram que o portão da garagem estava aberto e entraram no prédio de número 79 da Rua Cinco de Julho, por volta das 6h40. Eles estavam em um Honda Civic e recebiam cobertura de comparsas em um Toyota Corolla, que permaneceram estacionados em frente ao imóvel.

Assim que chegaram ao saguão do edifício, os criminosos renderam o australiano John Roque, 64 anos, que havia levado o filho de 9 anos até o ônibus escolar e aguardava o elevador para voltar a seu apartamento. Dois assaltantes ficaram vigiando o porteiro, enquanto os outros três obrigaram o estrangeiro a levá-los até seu apartamento. Morador da cobertura, ele é casado com uma brasileira, está no Rio há 15 anos e foi proprietário do sport bar “The Office”, localizado na Rua Aires Saldanha – paralela à Avenida Atlântica – até o mês de fevereiro.

O australiano John Roque, 64 anos, mora há 15 no Brasil e foi proprietário do sport bar The Office, em Copacabana

O australiano John Roque, 64 anos, mora há 15 no Brasil e foi proprietário do sport bar The Office, em Copacabana

“Os três apontavam armas para mim. Eles estavam muito nervosos. Queriam dinheiro, mas eu disse que não tinha dinheiro em casa. Disse que dinheiro eu deixava no banco”, contou o australiano que, em 2001, já havia sido vítima de um assalto, em sua casa em Angra dos Reis, na Região da Costa Verde.

Os bandidos roubaram R$ 800 e um cordão de ouro, além de um anel e um relógio. Quando se preparavam para atacar outros apartamentos, foram descobertos por uma moradora do prédio, que é tenente da Polícia Militar. A oficial ligou para o marido, o engenheiro José Henrique Birenbaum, 44 – que havia saído do apartamento para levar a filha do casal ao colégio – e avisou a ele que chamaria a PM porque havia uma movimentação estranha na cobertura do edifício.

Australiano (2)

“O engenheiro deixou a filha no carro e foi ver o que estava acontecendo. A ação dele despertou a desconfiança dos dois criminosos que estavam no saguão e ele acabou sendo rendido”, contou o delegado Gilson Perdigão, adjunto da 13ª DP (Ipanema), onde o caso foi registrado como roubo qualificado.

Com medo de serem perseguidos, os bandidos levaram o engenheiro como refém. Ele foi libertado minutos depois, na Avenida Brasil, após entregar o aparelho de telefone celular.

“Ele pegou um ônibus até a rodoviária Novo Rio e lá pegou um táxi que o levou até sua casa. Disse que foi mantido o tempo todo com a cabeça baixa e um casaco sobre ela, mas não foi agredido”, relatou Perdigão, que enviou uma equipe de sua delegacia até o local do crime, além de solicitar que papiloscopistas do Instituto Félix Pacheco (IFP) fossem até o imóvel para recolher impressões digitais.

Policia

“O prédio não possui câmeras e as existentes em volta não gravam, mas uma perícia foi realizada nos locais por onde os assaltantes passaram. Se os carros forem localizados, também vou solicitar que seja feito esse trabalho neles”, explicou o delegado, dizendo que não acredita em crime premeditado ou direcionado.

“Acho que foi pela oportunidade. Eles passaram e viram a garagem aberta e resolveram aproveitar para praticar o assalto lá mesmo”, afirmou.

____________________________________________________

Quer concorrer a ingressos para o filme Juízo Final ?


juizo-final-cartaz

Saiba Mais Aqui: Brindes e Promoções para os Leitores

Anúncios
comentários
  1. Andrea disse:

    A Australia e um Pais tao lindo,porque esse senhor vem pro Brasil,o Brasil ta um verdadeiro lixo para se viver! Deus me livre.
    Eu moro na Suiça jà 20 anos ,fui passar ferias com meu marido em uma casa que comprei no litoral sul de Sao Paulo primeira vez que fomos de ferias jä fomos Assaltados e ainda levei varias coronhadas na cabeça,eu ainda estou traumatizada estou fazendo tratamento com psicologo.e meu maior sonho erà voltar de vez pro Brasil,tenho panico em saber que vou ter que voltar pra là de novo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s