Fotos: Felippo Brando

delegado antonio ricardo

Delegado Antônio Ricardo Lima, titular da Delegacia de Homicídios da Zona Oeste (DH-Oeste)

Em duas ações distintas, a Polícia Civil prendeu sete acusados de integrarem a milícia conhecida como Liga da Justiça, entre a noite de segunda-feira, dia 24, e a tarde de terça-feira, dia 25. Três deles são suspeitos de participação no sumiço da família de uma testemunha, na Favela do Barbante, em Inhoaíba, na Zona Oeste do Rio, ocorrido no mês de junho. Entre os presos, há um policial militar, um ex-PM e um ex-guarda municipal. Todos seriam ligados ao ex-PM Ricardo Teixeira da Cruz, o Batman, 40 anos, preso no último dia 13 de maio.

A primeira prisão ocorreu no Largo do Mendanha, em Campo Grande, também na Zona Oeste, e foi efetuada por agentes das delegacias de Repressão às Ações Criminosas e Inquéritos Especiais (DRACO-IE) e de Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM), em cumprimento a uma determinação da Delegacia de Homicídios da Zona Oeste (DH-Oeste).

“Recebemos uma denúncia que afirmava que havia quatro milicianos fazendo cobrança a comerciantes. Não confirmamos a extorsão, mas eles estavam com um Renault Clio clonado, feito sobre um automóvel roubado em Duque de Caxias, no ano passado”, revelou o delegado Antônio Ricardo Lima, titular da DH-Oeste.

Ex-PM Lúcio Alexandre Araújo

Ex-PM Lúcio Alexandre Araújo

Um dos presos foi o ex-PM Lúcio Alexandre Araújo, que, segundo o delegado, foi lotado no 14º BPM (Bangu) e acabou expulso da corporação acusado de extorsão.

Ex-guarda municipal Daniel Fernandes Santos

Ex-guarda municipal Daniel Fernandes Santos

Os outros foram identificados como o ex-guarda municipal Daniel Fernandes Santos, Sidnei Garcia da Costa e Claudinei Rodrigues.

Sidnei Garcia da Costa

Sidnei Garcia da Costa

Todos foram autuados por receptação, formação de quadrilha, uso de documento falso e adulteração de sinal identificador de veículo.

Claudinei Rodrigues

Claudinei Rodrigues

No dia seguinte, policiais da 35ª DP (Campo Grande) prenderam o sargento Valdenir Menezes Pereira, o Monstrinho, 49, lotado no Regimento de Cavalaria Coronel Enyr Cony dos Santos (RCCECS); o cobrador de transporte alternativo Carlos Alberto de Aguiar, 43; e Wellington de Oliveira, o Baré, 34.

O cobrador de transporte alternativo Carlos Alberto de Aguiar, 43 anos; o sargento Valdenir Menezes Pereira, o Monstrinho, 49 anos; e Wellington de Oliveira, o Baré, 34 anos

O cobrador de transporte alternativo Carlos Alberto de Aguiar, 43 anos; o sargento Valdenir Menezes Pereira, o Monstrinho, 49 anos; e Wellington de Oliveira, o Baré, 34 anos

O delegado Ronald Hurst, titular da distrital, revelou que o sargento foi um dos 75 PMs presos, em dezembro de 2006, na operação Tingüi, da Polícia Federal – ação desencadeada após oito meses de investigações sobre angolanos refugiados que estariam treinando no uso de armas e táticas de guerrilha traficantes ligados à facção criminosa Amigos dos Amigos (ADA) que controlavam a venda de drogas na Favela do Muquiço, em Guadalupe, na Zona Oeste. Os policiais federais descobriram, na época, que policiais militares estavam envolvidos com tráfico de armas e drogas, além de seqüestro e extorsão. Na ocasião, o sargento era lotado no 14º BPM e ficou preso durante 1 ano e cinco dias.

Delegado Ronald Hurst, titular da 35ª DP (Campo Grande)

Delegado Ronald Hurst, titular da 35ª DP (Campo Grande)

“Dentro do carro em que ele estava foram apreendidas três armas, sendo uma pistol uzi calibre nove milímetros, que é uma sub-metralhadora israelense utilizada em guerras”, destacou o delegado.

O Toyota Corolla prata, em que estava o PM, ostentava placa fria

O Toyota Corolla prata, em que estava o PM, ostentava placa fria

O PM foi surpreendido pelos agentes no Toyota Corolla prata que ostentava a placa EAE 7919, que era fria, e também carregava uma pistola calibre 380 e um revólver Taurus calibre 38, além de 98 munições dos três calibres e R$ 1.090 em espécie. Os outros dois estavam no Mercedes Classe A placa LNV 3393, que possuía mandado de busca e apreensão.

Os outros dois presos estavam na Mercedes Classe A que possuía mandado de busca e apreensão

Os outros dois presos estavam na Mercedes Classe A que possuía mandado de busca e apreensão

“Geralmente eles deixam as armas com quem é policial e tem, além do porte, a carteira funcional. Eles não souberam explicar a origem do dinheiro e somente o cobrador de transporte alternativo prestou depoimento. Os outros se reservaram ao direito de falar somente em juízo”, afirmou Hurst, explicando que chegaram até os três através das placas dos automóveis.

Milicianos (35ªDP) 1

“Estávamos investigando o seqüestro de quatro integrantes de uma família do Barbante. Eles eram parentes de uma testemunha da chacina ocorrida naquela localidade, em 2008. Durante a investigação, obtivemos um informe com apelidos de envolvidos no crime e três placas de veículos que teriam sido usados para retirar os corpos do local. Agora estamos investigando se de fato esses três tiveram participação”, declarou o delegado.

O titular da 35ª DP também revelou que, dos envolvidos no seqüestro da família, 11 já estão com mandados de prisão temporária expedidos. Destes, cinco já estão identificados – sendo que um é menor de idade e um já está preso desde o último dia 14: o ex-traficante Reinaldo Ramos Lobo, o Sprinter, 28.

O ex-traficante Reinaldo Ramos Lobo, o Sprinter, 28 anos, está preso desde o dia 14

O ex-traficante Reinaldo Ramos Lobo, o Sprinter, 28 anos, está preso desde o dia 14

“Os outros seis estão identificados apenas através de apelidos, mas também já conseguimos mandados contra eles”, disse Ronald Hurst, que informou que solicitou que uma perícia seja realizada nos dois carros apreendidos com o trio.

Milicianos (35ªDP) 4

“Um trabalho pericial será feito para ver se encontramos algum material biológico, como sangue, que mostre se os automóveis realmente foram usados para o transporte dos corpos. O registro foi feito como seqüestro por uma tipificação legal, mas não temos dúvidas de que houve os assassinatos”, enfatizou Hurst, ressaltando que os três foram autuados por posse compartilhada de arma de fogo e o PM também foi autuado por adulteração de sinal identificador de veículo.

ARQUIVO EXCLUSIVO SOBRE A GUERRA DAS MILÍCIAS:


Acusado de ser o matador da Liga da Justiça é preso


Operação Têmis: Polícia prende 43 acusados de integrar Liga da Justiça

Leviatã 2: Polícia desarticula Milícia do Mirra

MP denuncia Batman por porte ilegal de armas

Da Batcaverna para a Prisão: Missão Suporte da Polícia Civil prende Batman

MP recebe documentos que comprovariam nomeação de Chico Bala

Matador do Comando Chico Bala é executado em Santa Cruz

PM que testemunharia contra integrantes do Comando Chico Bala é assassinado

Mais um capítulo na guerra entre milícias na Zona Oeste

Polícia investiga suposta invasão de milícia à cooperativa de vans

Queima de Arquivo: Chico Bala é acusado de matar testemunha de crime

MP instaura inquérito civil para apurar nomeação de Chico Bala

Guerra das Milícias do Rio chega à Brasília

O Chico não é mais Bala: agora é Chico dos Transportes

Outro acusado de ser miliciano é solto pela Justiça

Parece Velho Oeste, mas é Zona Oeste: a Terra sem Lei

Justiça denuncia ilegalidade na prisão de PM acusado de ser miliciano

Guerra da Milícia chega à Região dos Lagos

Polícia prende acusados de integrar Liga da Justiça

Chico Bala ataca DPO atrás de armas e mata PM

Milícia da Carobinha apontada como doadora de terreno onde está sendo construído DPO

Comando de Chico Bala sem bala

____________________________________________________

Quer concorrer a ingressos para o filme High School Band ?


bandslam-cartaz

Saiba Mais Aqui: Brindes e Promoções para os Leitores

Anúncios
comentários
  1. […] Liga da Justiça: menos 7 integrantes nas ruas […]

  2. Anônimo disse:

    Meu tio ´w o Carlos alberto de Aguiar e ele não tem nada aver com esses milicianos vcs estão acusando ele e o amigo sem eles terem faito nada, b]vas são um bando de acudadores sem terem certeza!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s