Disque-Denúncia oferece recompensa por informações sobre assassinato de Carlinhos da Tinguá

Publicado: 29 de agosto de 2009 em Baixada Fluminense, Disque-Denúncia, Homicídio, investigação, segurança pública, Uncategorized
Tags:, , , , ,

carlinhos da tingua

O empresário Luiz Carlos Duarte Batista, o Carlinhos da Tinguá, 67 anos, foi assassinado no dia 19 de março. O crime ocorreu no início da manhã, em frente ao Pólo Gastronômico, no Centro de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Ex-proprietário de 11 empresas, entre elas a Viação Tinguá, o empresário era assessor da vice-prefeita daquele município, Sheila Gama, e trabalhou no gabinete do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Aluizio Gama, irmão de Sheila Gama.

A vítima havia acabado de sair de sua casa, a poucos metros do Pólo Gastronômico, e seguia pela Via Light, no sentido Pavuna, em seu Palio prata placa LKK 6202, quando foi abordado por dois criminosos em uma moto. Uma testemunha ouvida pela Polícia contou que a moto encostou ao lado do automóvel e o carona efetuou dois disparos contra o Carlinhos, que estava ao volante.

Antes do carnaval houve um registro na 52ª DP (Nova Iguaçu) que relatava que dois homens armados procuraram uma pessoa em uma reunião em que Carlinhos deveria estar presente.

O incidente ocorreu no dia 6 de fevereiro, às 11h50. Cerca de seis horas depois, o advogado Luciano Luiz Moreira, que é secretário do Partido Democrático Trabalhista (PDT), esteve na 52ª DP e fez o registro.

“Uma reunião com a executiva do partido estava marcada para começar ao meio-dia e as pessoas aguardavam a chegada da vice-prefeita, Sheila Gama, e da vereadora Vilma Água Azul. Faltando dez minutos para o início, dois homens armados chegaram em uma moto. Eles não fizeram questão de esconder as armas e enquanto um deles permaneceu no veículo, o outro entrou na sede do PDT com a arma em punho procurando por alguém. Como não achou, saiu e os dois retornaram na contramão”, informou o delegado Orlando Zaccone, então titular da DP de Nova Iguaçu.

O criminoso que foi até a sede do diretório municipal do PDT em Nova Iguaçu, localizado na Rua Tertuliano de Melo, a poucos metros da sede da Câmara Municipal, foi descrito como um homem branco, malhado e com porte atlético.

A execução ocorreu às 7h40. Cinco horas depois, o local já havia sido periciado e o corpo do empresário já estava no Instituto Médico Legal (IML). O prefeito Lindberg Farias foi um dos primeiros a chegar ao local do crime e limitou-se a dizer que estava arrasado. A vítima era considerada um dos braços do PDT no governo do Partido dos Trabalhadores (PT) de Nova Iguaçu e foi quem alinhavou a aliança entre os partidos, colidando a candidatura da deputada estadual Sheila Gama como vice de Lindberg.

Ele também foi dono da Viação Tinguá e de uma concessionária de automóveis da Fiat, cujo imóvel vendeu para a construção do Top Shopping. O empresário chegou a iniciar a construção do shopping center no km 13 da Via Dutra, mas faliu e teve de abandonar o empreendimento.

Secretário de Governo do prefeito Rui Queiroz, entre 1977 e 1983, período em que era considerado um dos pesos pesados no segmento empresarial da região, Carlinhos da Tinguá foi também presidente da Beija-Flor de Nilópolis, em 1993, substituindo o irmão do Anísio, Nelson Abraão David.

____________________________________________________

Quer concorrer a ingressos para o filme High School Band ?


bandslam-cartaz

Saiba Mais Aqui: Brindes e Promoções para os Leitores

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s