Recompensa por Manteiguinha agora é de R$ 10 mil

Publicado: 28 de julho de 2010 em Uncategorized

O Disque-Denúncia aumentou de R$ 2 mil para R$ 10 mil a recompensa oferecida por informações que levem à prisão de Wellington Fernandes de Freitas, o Manteiguinha da Vila Kennedy, 39 anos. Até o momento, o órgão registrou seis denúncias sobre o assaltante.

De acordo com a Polícia, Manteiguinha é integrante de uma quadrilha especializada em roubar joalherias. Além de jóias, a quadrilha tem preferência por relógios e canetas de marcas famosas e atuação não somente no Rio, mas também no Estado de São Paulo. Um dos primeiros roubos registrados aconteceu no dia 18 de fevereiro de 2009, quando roubaram mais de R$ 1 milhão em produtos de uma loja de canetas de luxo e relógios, em um shopping na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Na ocasião, foram levados 41 relógios, sendo 28 deles da marca Rolex, avaliados em quase R$ 700 mil.

O grupo seria o mesmo que em 9 de outubro do ano passado assaltou uma joalheria em Volta Redonda. Foram roubados R$ 1,5 milhão em jóias e relógios de marcas famosas em uma joalheria, também em um shopping na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda. Além disso, está sendo investigado o roubo a uma joalheria na Avenida Paulo de Frontin, no Centro daquele município. O roubo ocorreu menos de uma semana após a ocorrência da joalheira do shopping. Um homem armado de revólver rendeu funcionários e levou R$ 20 mil em jóias, que estavam no mostruário do estabelecimento.

Este ano, o grupo já teria agido também em São Paulo e novamente em Volta Redonda. No dia 13 de Janeiro, este grupo teria roubado a loja da Montblanc no Shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo. Três homens chegaram ao local, pouco antes do fechamento das lojas. Vestidos de terno e gravata, foram direto para a joalheria, renderam os vendedores e recolheram relógios e canetas e outros produtos. A ação não durou mais do que dez minutos.

Já no dia 19, esta mesma quadrilha teria assaltado uma joalheira na Avenida Amaral Peixoto, no Centro de Volta Redonda. Em todos estes roubos, a ação foi filmada pelo circuito interno de segurança e mostra o modus operandi do bando: eles chegam minutos antes do fechamento das lojas, vestidos de terno e gravata – onde estão escondidas as armas. Em dois roubos, um dos assaltantes estava com uma metralhadora.

Após roubar mercadorias de valor elevado, eles saem tranqüilamente pela porta da frente do shopping. Na saída, três comparsas em motos os aguardam e eles sentam na garupa e somem com o produto do roubo.

Morador da Favela Vila Kennedy, no bairro de mesmo nome, na Zona Oeste do Rio, Manteiguinha já fez parte de uma quadrilha com Bruninho G-3, morto há seis anos em confronto com a Polícia, e com Márcio Batista da Silva, o Dinho Porquinho, atualmente preso em um presídio federal em Mato Grosso do Sul.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s