Traficante de São Gonçalo perde mais de meia tonelada de maconha

Publicado: 9 de agosto de 2010 em Uncategorized

Um dia após a publicação, com exclusividade, da reportagem sobre o intercâmbio entre traficantes de São Gonçalo e os do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio – considerado o quartel-general da facção criminosa Comando Vermelho (CV) no Estado –, policiais do Serviço de Inteligência (P-2) do 16º BPM (Olaria) apreenderam 600kg de maconha que seriam entregues a Maico dos Santos de Souza, o Gaguinho, Jogador ou 2G, 29 anos, apontado como o chefe das bocas-de-fumo no Complexo da Coruja, no Vila Lage, em São Gonçalo.

A droga era transportada no caminhão placa AOR-6027, de Marechal Cândido Rondon, no Paraná, e estava escondida sob uma carga composta por sacos de polvilho e de farinhas de trigo e de rosca. O veículo foi interceptado pelos PMs, no início da madrugada deste domingo, dia 8 de agosto, na Rua Antônio Austregésilo, um dos acessos ao Morro da Fazendinha, em Inhaúma, onde Gaguinho está abrigado desde que se tornou foco das operações policiais em São Gonçalo.

“Recebemos a informação de que um carregamento de maconha que havia sido comprado no Paraguai chegaria às mãos do traficante para ser distribuído nas bocas-de-fumo do Complexo do Alemão e enviado para algumas favelas de São Gonçalo”, disse um dos policiais responsáveis pela operação.

No momento da abordagem, ocupantes de um Palio branco, que faziam a escolta da droga, efetuaram vários disparos na direção das viaturas. Em seguida, fugiram em direção ao Morro da Fazendinha. O condutor do caminhão desceu do veículo e também fugiu. Horas mais tarde, o caminhoneiro, identificado como Ângelo Rafael Kruger, 29, se apresentou na 22ª DP (Penha), onde o caso foi registrado. Em depoimento, ele contou que após passar pelo último pedágio da Rodovia Presidente Dutra, na altura de Seropédica, na Baixada Fluminense, resolveu parar em um posto de combustível para beber água.

Ainda de acordo com o motorista, ele foi abordado por dois homens armados, quando retornava para o caminhão. Depois de ser levado no próprio veículo, ele foi transferido para a mala de um automóvel e ficou circulando até ser deixado na Avenida Brasil, na altura da Penha. Após entrar em contradição, o caminhoneiro acabou preso.

Segundo policiais do 16º BPM, Gaguinho procurou asilo no Complexo do Alemão após determinação da cúpula da facção criminosa Comando Vermelho (CV). A ordem tem como objetivo tirar o foco das principais lideranças do tráfico no eixo Niterói-São Gonçalo e facilitar o acesso desses criminosos à armas e drogas, que são enviadas para a região.

“Os traficantes do Complexo do Alemão estão abrigando os comparsas de São Gonçalo que estão sendo alvos das ações policiais. Em troca, eles enviam criminosos desconhecidos para controlar a venda de drogas nas bocas-de-fumo gonçalenses”, explicou um policial da P-2 do 16º BPM.

Além de Gaguinho, que, segundo os PMs, assumiu na última semana o controle do tráfico de drogas no Morro da Fazendinha, também estão abrigados no Complexo do Alemão os traficantes gonçalenses Wallace Batista Soalheiro, o Pixote, 24, e Mário Sérgio Rocha Martins, o Gugui, 31.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s