São Gonçalo é segundo no ranking do Disque-Denúncia

Publicado: 22 de agosto de 2010 em Uncategorized

As chamadas leis do silêncio impostas pelos criminosos encontraram uma barreira para serem cumpridas em São Gonçalo: o Disque-Denúncia. Um levantamento realizado pela organização não-governamental, que completa 15 anos de existência nesse mês de agosto, aponta que o município está em segundo lugar no ranking dos mais denunciados do Estado, perdendo apenas para Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O município de Niterói aparece em quinto lugar no ranking.

De acordo com as estatísticas divulgadas pelo Disque-Denúncia, a Central de Atendimentos do serviço recebeu 3.400 informações sobre a localização de traficantes, homicidas e esconderijos de armas e drogas em São Gonçalo. Mais de 50% dessas denúncias foram encaminhadas ao 7º BPM (São Gonçalo), que aparece em quinto lugar entre as unidades da Polícia Militar com o maior número de respostas às denúncias repassadas pelo órgão. Entretanto, a instituição policial campeã no atendimento às informações repassadas pelo serviço é a 72ª DP (Mutuá), com 70% de respostas.

Ainda de acordo com levantamentos realizados pela Central do Disque-Denúncia, o crime mais denunciado pelos moradores de São Gonçalo é o tráfico de drogas, com 1.990 denúncias apenas nesses seis primeiros meses, o correspondente a 35% das informações encaminhadas ao serviço. Os outros delitos que aparecem entre os mais denunciados são barulho, estelionato, homicídio, além de informações sobre a localização de foragidos da Justiça. O bairro campeão de informações encaminhadas à organização não-governamental é o Jardim Catarina, seguido de Alcântara, Trindade, Centro e Tribobó.

“A particpação efetiva dos moradores de São Gonçalo fez com que dedicássemos uma atenção especial à essa região, com a criação de um setor específico para atender a essa demanda, o Núcleo Leste-Fluminense. O retorno do gonçalense, principalmente nos casos divulgados pela imprensa, tem auxiliado a Polícia a chegar à autoria de crimes é à localização dos acusados”, comentou Zeca Borges, coordenador do programa Disque-Denúncia.

Entre os crimes de repercussão que foram elucidados com o auxílio do Disque-Denúncia está o assassinato do estudante Alexandre Thomé Ivo Rajão, de 14 anos, sequestrado e estrangulado até a morte por um grupo simpatizante da ideologia ‘skinhead’, na madrugada do dia 21 de junho. A identificação e a prisão dos acusados de envolvimento na morte do adolescente foram possíveis a partir de informações repassadas pelo serviço aos agentes da 72ª DP, que concluíram o inquérito na última sexta-feira e pediram a prisão preventiva de três jovens: o açougueiro André Luiz Marcoge da Cruz Souza, 23, o brigadista Eric Boa Hora De Bruim e o eletricista Allan Siqueira de Freitas, ambos de 22.

Outro caso que ganhou destaque em número de denúncias em São Gonçalo ficou conhecido como o ‘Mistério da Máscara do Pânico’. Acusado de matar dona de casa Elisabeth das Graças da Cruz Garcia, em janeiro de 2009, Jefferson Batista Mendes, o Pantera ou Jeffinho, 20, foi preso por policiais do 7º BPM no Morro do Batista, no bairro Vermelho, após informações repassadas pelo Disque-Denúncia. A vítima foi executada após ser acusada por traficantes do Morro da Salga, no Gradim, de ser X-9 (informante da Polícia). Ela foi julgada no tribunal do tráfico e sentenciada à morte. Jefferson foi escolhido como carrasco e tomou a precaução de usar a máscara do pânico para cometer o crime. Outro envolvido neste assassinato foi Joubert de Aguiar Veloso o Pito, que também foi preso a partir de uma denúncia anônima, em janeiro deste ano, por policiais da 73ª DP (Neves) em um barraco na Favela do Gato, também no Gradim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s