Eletricista assassinado na saída de show em São Gonçalo

Publicado: 12 de setembro de 2010 em Uncategorized

A noite de diversão em um show de pagode com a namorada e um casal de amigos terminou de forma trágica para o eletricista José Francisco Farias Nacif, de 29 anos. O jovem foi assassinado com mais de 10 tiros de pistola quando seguia no Fiat Tipo, placa LAS 8717, pela Rua José Mendonça de Campos, no Mutondo, na madrugada deste sábado, dia 11 de setembro.

De acordo com testemunhas, o crime ocorreu por volta das 5h30. Dois homens em uma motocicleta emparelharam com o carro da vítima e efetuaram vários disparos, que atingiram o rosto e o peito do eletricista. Um dos tiros atingiu de raspão a namorada do jovem, uma auxiliar administrativa de 23 anos. O casal que os acompanhava saiu do carro ao ouvir os disparos e não sofreu nenhum ferimento.

Moradora do bairro Santa Catarina, a vítima estaria levando a namorada em casa após sair de um show no Centro Cultural Porto da Pedra, no bairro de mesmo nome, quando foi abordada pelos criminosos. Nos bancos traseiro e dianteiro do veículo, peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) recolheram várias cápsulas para pistola calibre 380.

Policiais do Núcleo de Homicídios da 72ª DP (Mutuá) devem convocar a namorada do jovem para prestar depoimento ainda nesta semana. Os agentes trabalham, inicialmente, com a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte) como motivação do crime, já que outras duas pessoas foram mortas em tentativas de assalto no bairro por ocupantes de uma motocicleta preta. Contudo, os policiais também não descartam a hipótese de execução.

Alan Antônio Domingos Ferreira, 23 anos

No dia 18 de junho desse ano, o promotor de vendas Alan Antônio Domingos Ferreira, 23, foi assassinado com um tiro na costas durante uma tentativa de assalto no Mutondo. O crime ocorreu a poucos metros de sua casa, quando ele seguia para a academia com uma amiga na Rua Tenente Bráulio. Ele chegou a ser levado pela mãe ao Pronto Socorro de São Gonçalo, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com testemunhas, o crime também foi praticado por dois homens em uma moto.

Um mês e meio depois, o dono de ferro-velho Augusto Luiz Trajano Lopes, 41, foi assassinado com tiros no rosto e no pescoço por motoqueiros, em frente ao seu estabelecimento, localizado na Avenida José Mendonça de Campos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s