Mais um PM é baleado em São Gonçalo

Publicado: 7 de outubro de 2010 em Uncategorized

Cláudio Rodrigues Mota, o Bruxo do Anaia, 24 anos

Quatro dias após um policial militar ser morto ao reagir a um assalto em São Gonçalo, mais um PM foi vítima da ação de criminosos no município. O cabo Marcio de Sá Campos, 32 anos, foi baleado durante uma tentativa de assalto na Estrada do Coelho, no bairro de mesmo nome, no fim da noite desta terça-feira, dia 5 de outubro. Na ação, um dos bandidos acabou sendo atingido por um disparo e foi preso por policiais da 75ª DP (Rio do Ouro), na manhã desta quarta-feira, dia 6, ao buscar atendimento no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca, na Zona Norte de Niterói.

Lotado no Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), o PM conversava com a namorada quando dois homens em um Gol verde anunciaram o assalto. O casal entregou as chaves do carro aos criminosos, que decidiram revistar o policial. Antes que os assaltantes o identificassem, o PM reagiu e entrou em luta corporal com um deles. Tanto a vítima quanto o bandido foram baleados no abdômen. Os assaltantes fugiram sem roubar nada.

O cabo foi socorrido pela própria namorada, que o levou para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê, onde foi submetido a uma cirurgia. Ele perdeu parte do intestino e está internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) da unidade. Seu estado de saúde é considerado estável. Entretanto, os médicos ainda não têm previsão de quando ele receberá alta.

No início da manhã seguinte ao crime, agentes da 75ª DP receberam uma informação de que o homem responsável por atirar no PM havia dando entrada no Heal. Identificado como Cláudio Rodrigues Mota, o Bruxo do Anaia, 24, ele foi reconhecido pela vítima e por testemunhas como um dos autores do assalto. Com seis anotações criminais e três mandados de prisão por roubo, tráfico e porte ilegal de arma, Bruxo foi preso e está sob custódia na unidade hospitalar. Ele vai responder por tentativa de latrocínio.

Na sexta-feira da última semana, dia 1º de outubro, o soldado Rodrigo Luiz Santos, 28, foi assassinado a tiros após reagir a um assalto, na saída do restaurante e casa de shows Caneco 90, na Rua Alfredo Backer, no Mutondo, em São Gonçalo. Durante a ação, o PM baleou os dois assaltantes, Renato Carlos Lima dos Santos e Julio César Luiz Domingos, ambos de 22 anos, que morreram no local. (Relembre aqui: PM morre ao reagir a assalto em São Gonçalo)

Acompanhe os números completos aqui:
Estatística de policiais mortos e baleados no Estado do Rio em 2010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s