Festa na Rocinha pra comemorar fuga de Abelha

Publicado: 18 de outubro de 2010 em Uncategorized

Cristiano de Sá Silva, o Abelha, 37 anos

Preso pela primeira vez em julho de 1990 – tendo fugido em maio de 1996 do Instituto Penal Edgard Costa, no Centro de Niterói, e voltado à unidade três meses depois – o traficante Cristiano de Sá Silva, o Abelha, 37 anos, está de volta às ruas. Cumprindo pena no Instituto Penal Ismael Pereira Sirieiro, no Fonseca, na Zona Norte de Niterói, desde o dia 27 de agosto, ele saiu na última sexta-feira, dia 8 de outubro, após receber o benefício da Visita Periódica à Família (VPF). Ele deveria retornar à cadeia às 22h do dia seguinte, mas não apareceu e passou a ser considerado foragido da Justiça.

Irmão de Saulo de Sá Silva, o Saulo da Rocinha, 35, ele já foi o principal fornecedor de drogas para o Morro do Turano, no Rio Comprido, na Zona Norte do Rio – controlado pelo Comando Vermelho (CV) e que recebeu uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no final do mês passado. Ele teria ido direto para a Favela da Rocinha, em São Conrado, na Zona Sul do Rio – controlada pela facção rival Amigos dos Amigos (ADA) -, onde foi recebido com festa.

Essa foi a quinta fuga de Abelha. Todas ocorreram após o criminoso receber benefício da Justiça – VPF ou Visita Periódica ao Lar (VPL). A última havia sido em dezembro de 2007, quando ele saiu do Instituto Penal Cândido Mendes, no Centro do Rio, e não retornou. Em agosto de 2008, ele foi recapturado. Após dois meses no Presídio Ary Franco, em Água Santa, na Zona Norte do Rio, ele foi transferido para a Penitenciária Jonas Lopes de Carvalho – antiga Bangu 4 – no Complexo de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste, onde permaneceu por quase dois anos.

Saulo de Sá Silva, o Saulo da Rocinha, 35 anos

Em agosto deste ano, ele foi transferido para o Instituto Penal Ismael Pereira Sirieiro, que é uma unidade da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária para presos que têm direito a cumprir suas penas no regime semi-aberto.

No mesmo mês de sua transferência, a Polícia recebeu a denúncia de que Abelha estaria se aliando ao traficante Francisco Paulo Testas Monteiro, o Tuchinha, 46 – depois que este se desentendeu com o próprio sobrinho Alexander Mendes da Silva, o Polegar, 36, e ameaçou pular de facção para invadir o Complexo da Mangueira, em São Cristóvão, na Zona Norte.

A denúncia, investigada pela Polícia, ganhou força depois que Tuchinha pediu para ser transferido para a Penitenciária Alfredo Tranjan – antiga Bangu 2 – no Complexo de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio. Conhecida como “cadeia de seguro”, a unidade abriga detentos que correm risco de morte.

Francisco Paulo Testas Monteiro, o Tuchinha, 46 anos

Outras atitudes de Tuchinha – condenado a 43 anos de prisão por tráfico de drogas e formação de quadrilha – reforçaram a suspeita: em novembro do ano passado ele se recusou, por duas vezes, a ir ao Hospital Penal Fábio Soares Maciel, localizado no Complexo de Gericinó. Em dezembro, houve nova recusa em receber atendimento médico na unidade.

Em agosto do ano passado, um dos filhos de Abelha – um adolescente de 16 anos -, foi preso acusado de cometer assaltos nas ruas da Zona Sul do Rio. Uma de suas vítimas, um dirigente de futebol, fez o reconhecimento do jovem. O rapaz também é suspeito de um homicídio na Glória, também na Zona Sul.

Anúncios
comentários
  1. marcelo disse:

    a belha saulo tuchinha tem tudo que se converter e mudar pois ja fizerao muitos chorar e sofrer jesus cristo neles escracha eles ate eles mudar para o lado do bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s