Professor de Jiu-Jitsu acusado de molestar alunos de projeto social em São Gonçalo

Publicado: 13 de novembro de 2010 em Uncategorized

Professor de Jiu-Jitsu Cirval Justino da Silva, 60 anos, faixa preta 6º grau

“O Jiu-Jitsu tem como filosofia tornar o indivíduo mais seguro e auto-confiante.” Esta é a frase de abertura do site do Clube Condor de Jiu-Jitsu – o mais tradicional no ensino da arte marcial em São Gonçalo – mas não é reflexo do que acontecia com os alunos do professor Cirval Justino da Silva, 60 anos, fundador da equipe.

Faixa preta 6º grau, Cirval foi preso por agentes da 72ª DP (Mutuá), em sua casa, na Rua Idalina Maria dos Santos, no bairro Jardim Tiradentes, na manhã desta quinta-feira, dia 11 de novembro. Acusado de abusar sexualmente de quatro adolescentes com idades entre 13 e 15 anos, ele teve a prisão temporária por 30 dias decretada pela 2ª Vara Criminal de São Gonçalo. O crime ocorreria no vestiário do Clube Esportivo Mauá, no bairro Estrela do Norte, onde ele dava aula a cerca de 30 crianças em um projeto social.

“As crianças ficaram extremamente agressivas e essa mudança no comportamento chamava a atenção de todos”, contou um ajudante de eletricista de 40 anos, pai de uma das vítimas.

“Meu afilhado me contou sobre outra criança e falou que se eu pressionasse meu filho, ele me contaria. Quando eu soube, primeiro quis preservar meu filho. Depois procurei o Conselho Tutelar, que providenciou orientação psicológica e nos aconselhou a procurar a Polícia”, disse, revelando que os alunos de Cirval têm andado pelas ruas com vergonha e até mesmo evitado ir à escola.

“Ele era uma pessoa longe de qualquer suspeita. É nosso vizinho e ensinou Jiu-Jitsu a várias gerações do bairro. Usava a desculpa de afastar as crianças das ruas para convencer os pais a deixá-las participar do projeto social. Ele levava nossos filhos no carro dele e depois os deixava em casa”, afirmou.

“Nos disseram que ele é soropositivo e queremos saber se contaminou alguma criança. Daqui a alguns anos nossos filhos vão superar isso, mas se tiverem HIV positivo, vão carregar essa dor pro resto da vida”, desesperou-se o ajudante de eletricista.

O delegado Geraldo Assed, titular da 72ª DP, declarou que pode haver outras vítimas.

“Vamos ouvir os outros alunos porque há informações que outras crianças foram molestadas. A prisão dele é justamente para isso, para que outras pessoas tomem coragem e o denunciem”, ressaltou.

Em seu depoimento, uma das vítimas, de 15 anos, disse que o professor ameaçava falando que eles não seriam graduados e que usaria seu prestígio para impedir a ida deles para outra academia, caso eles não permitissem que fossem tocados.

A mãe de uma das vítimas está em estado de choque e não sai de casa desde que o caso foi descoberto, há uma semana. Ao perguntar ao filho o motivo dele estar faltando às aulas, ouviu o menino dizendo que o professor abusava de crianças e não acreditou, fazendo com que ele voltasse a freqüentar o clube.

“Ela teve um choque ao descobrir que estava obrigando o filho a passar por essa situação. O Cirval obrigava as crianças a fazerem sexo oral, a masturbá-lo e passava óleo no corpo delas, além de outras coisas, como promover um batismo em que se esfregava nos meninos. Alguns ele comprava com roupas, comida e até vídeo game”, denunciou a mãe de outro aluno.

Outra forma de comprar o silêncio dos adolescentes era distribuindo medalhas, mesmo sem a participação em campeonatos. Agora, os pais procuram uma clínica para realização de exames de saúde.

O advogado do acusado garantiu que seu cliente é inocente e que, em 38 anos de profissão, nunca passou por nada parecido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s