Disque-Denúncia oferece R$ 2 mil pela localização de agente de endemias

Publicado: 24 de março de 2011 em Uncategorized

O Disque-Denúncia está oferecendo R$ 2 mil por informações que ajudem na localização do corpo do agente de combate a endemias Júlio Baptista Almeida da Silva Barroso, 29 anos. Ele está desaparecido desde setembro de 2009, após ter sido confundido com um estuprador que usava colete semelhante ao que fazia parte de seu uniforme para atacar mulheres na Zona Norte do Rio.

O agente de endemias foi torturado e executado por traficantes do Complexo do Alemão, na Penha, também na Zona Norte. A ordem para a execução, segundo policiais da 44ª DP (Inhaúma), partiu do traficante Luciano Martiniano da Silva, o Pezão. Ele teria comandado o crime, que ocorreu na Favela Nova Brasília, por telefone. Quem tiver qualquer informação sobre o caso pode ligar para o Disque-Denúncia através do número 2253-1177. Não é preciso se identificar.

Anúncios
comentários
  1. ANTONIO disse:

    ROBERTA
    POR FAVOR NOTICIE O RETORNO DA VAGABUNDAGEM ÁS FAVELAS DO COMPLEXO DA PENHA E DO ALEMÃO.A COISA ESTA GRITANTE.SEXTA PASSADA ESTAVA POR LA O NANDO BACALHAU,LIDER DO TRAFICO NO MORRO DO CHAPADAO.AS BOCAS DE FUMO DA FE ESTAO BOMBANDO.REGIS AS CONTROLA DA MANGUEIRA.ESTAO TODOS VOLTANDO……SOCORRO!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s