Traficantes de São Gonçalo compravam armas e munições na Região Serrana

Publicado: 24 de março de 2011 em Uncategorized

Uma fábrica clandestina de munições e manutenção de armas – responsável por abastecer e prestar serviços para traficantes ligados ao Comando Vermelho (CV) em São Gonçalo – foi estourada por policiais do Serviço de Inteligência (P-2) do 7º BPM (São Gonçalo), em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, no último sábado, dia 19 de março. A ação, que contou com o apoio da P-2 do 26º BPM (Petrópolis), terminou com a apreensão de 54 carregadores, cerca de 600 munições de diversos calibres, inclusive antiaéreas, além de ferramentas para manutenção de armas e recarga de cartuchos. O material foi avaliado em R$ 200 mil.

Os PMs chegaram à Rua Henrique Castrioto, no bairro Castelândia, após receberem uma denúncia anônima informando que traficantes do Complexo do Salgueiro e do Jardim Catarina estavam adquirindo armas e munições de um fornecedor da Região Serrana. No endereço, localizado no bairro de classe média alta de Petrópolis, os policiais encontraram um imóvel abandonado onde estava escondido todo o material. Além das munições e carregadores para fuzis, metralhadoras antiaéreas, pistolas, revólveres e carabinas, também foram encontrados 3.500 estojos e projéteis, 17 ferramentas utilizadas para recarregá-los, entre eles uma prensa, e outros 17 utensílios para a manutenção e limpeza de armas.

O material foi levado para a 105ª DP (Petrópolis), onde o caso foi registrado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s