Matou flamenguista em São Gonçalo e rodou após sequestro na Zona Oeste do Rio

Publicado: 10 de maio de 2011 em Uncategorized

Investigado por envolvimento no assassinato de um torcedor do Flamengo em São Gonçalo, em março do ano passado, Sandro Henrique da Rocha Fagundes, o MC Xingu, 32 anos, foi preso por policiais do 23º BPM (Leblon) sob a acusação de assaltar um condomínio e manter os moradores reféns, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, na madrugada desta quarta-feira, dia 27 de abril.

Morador do bairro Boa Vista, em São Gonçalo, ele teria buscado abrigo na Favela do Jacarezinho, em Bonsucesso, Zona Norte do Rio, após executar o estudante Maicon Veríssimo Marins da Silva, 16. Segundo as investigações de agentes do Núcleo de Homicídios da 72ª DP (Mutuá), o crime ocorreu na Avenida Joaquim Oliveira, no dia 28 de março do ano passado.

A vítima saía de um churrasco promovido por integrantes da torcida Raça Rubro-Negra (RRN), quando foi atingida por um único disparo na cabeça. Testemunhas apontaram um homem identificado como Xingu, integrante da Força Jovem Vasco (FJV), como o autor do disparo. Na época, a Polícia chegou a realizar operações no bairro e conseguiu chegar à casa do criminoso, mas ele não foi encontrado. O imóvel possuía câmeras de vigilância instaladas na parte externa, que permitiam que Xingu vigiasse a rua, o que pode ter facilitado sua fuga.

Maicon Veríssimo Marins da Silva, 16 anos

Ainda de acordo com as investigações, o acusado também estaria envolvido em uma briga entre torcedores, que terminou com um jovem morto e outros três feridos. Na ocasião, os suspeitos tentaram invadir o Pronto Socorro de São Gonçalo (PSSG), no Zé Garoto, para agredir um homem que estava internado na unidade.

O delegado Geraldo Assed, titular da 72ª DP, informou que encaminhará à Justiça o pedido de prisão de Xingu pela morte do estudante.

Prisão – O acusado foi preso pela PM durante uma blitz de rotina na autoestrada Lagoa-Barra. Ele estava no Toyota Rav04, placa KZG-6650, junto com o fiscal de rendas Octávio Ferraro Genú, 51, sequestrado no Condomínio Sunset, na Barra da Tijuca. Antes de ser colocado no veículo, ele ficou sob o poder de Xingu e outros dois assaltantes em seu apartamento durante seis horas. Os bandidos também “fizeram a limpa” em outros apartamentos e saíram do local com R$ 5 mil, produtos avaliados em mais de R$ 50 mil e os dois carros da vítima.

Na delegacia, o fiscal contou que foi abordado, por volta das 18h30 de terça-feira, quando estava parado em um sinal da Avenida das Américas, perto de um hipermercado. Os bandidos o obrigaram a dirigir até a sua residência, na Avenida Sernambetiba, onde mantiveram outros moradores reféns.

Na Zona Sul, Xingu foi surpreendido por uma blitz realizada por PMs, que pediram para que ele encostasse o veículo. Durante a revista, os policiais encontraram um revólver calibre 38 no porta-luvas do carro, três televisões de plasma, monitores de tela plana, home theater, Blue ray, DVD, computadores e outros produtos. Para fugir do flagrante, Xingu alegou que mantinha um caso amoroso com a vítima, mas foi desmascarado pelos PMs. Encaminhado à 15ª DP (Gávea), ele foi autuado por roubo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s