UPP no Rio provoca disputa por territórios em outras cidades

Publicado: 18 de julho de 2011 em Uncategorized

A implantação de Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) em favelas cariocas – a última delas no mês de junho, no Morro da Mangueira, em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio, um dos mais tradicionais redutos da facção criminosa Comando Vermelho (CV) – intensificou a disputa pelo controle das bocas-de-fumo em Niterói e São Gonçalo, criando zonas de conflito na região.

Nos últimos três meses, pelo menos cinco comunidades foram alvos de disputas entre as facções CV e Amigos dos Amigos (ADA) nos dois municípios. A primeira tenta retomar territórios para abrigar os comparsas cariocas, já que das 18 comunidades ocupadas pelas UPPs, 12 eram controladas por ela. A segunda tenta se aproveitar do momento de fragilidade do grupo rival – que também teve seu quartel-general, o Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, retomado pelas forças de segurança, em novembro do ano passado – para expandir seus domínios.

Neste período, das 325 informações sobre tráfico e disputa entre quadrilhas recebidas pelo Disque-Denúncia, 125 relatam sobre a presença de traficantes do Rio em favelas de Niterói e São Gonçalo, com destaque para o Morro do Preventório, em Charitas, na Zona Sul de Niterói, com 85 denúncias encaminhadas à organização não-governamental. A comunidade teria se tornado abrigo de refugiados do Morro da Mangueira.

Em São Gonçalo, uma das comunidades que recentemente foi invadida por traficantes ligados à ADA foi o Morro do Galão, no Porto Velho. A ação ocorreu no final do mês de junho, quando 15 traficantes do Morro da Chumbada, no Galo Branco, e da Rua da Feira, no Barro Vermelho – com o reforço de criminosos dos morros da Coroa e Mineira, no Rio – “tomaram” a comunidade até então controlada pelo CV. O mesmo grupo ainda tentou invadir o Complexo da Coruja, no Vila Lage, mas foi rechaçado pelos rivais ao chegar próximo ao campo, acesso ao Morro da Coruja. A polícia investiga a informação de que o traficante conhecido como Ricardinho teria liderado a ação. Natural do Morro do Estado, no Centro, ele estaria à frente do controle das vendas de drogas no Morro da Chumbada. A tentativa de invasão à Coruja fez com que o chefão do pó na comunidade, Maico dos Santos de Souza, o Gaguinho, Jogador ou 2G, 29 anos, ordenasse o reforço na segurança dos principais acessos para impedir uma nova investida dos rivais.

Maico dos Santos de Souza, o Gaguinho, Jogador ou 2G, 29 anos

Há duas semanas, a contrapartida do CV veio com a invasão à Favela Vila Ipiranga, no Fonseca, na Zona Norte de Niterói. A ação foi liderada por traficantes das favelas Nova Brasília, na Engenhoca, com apoio de criminosos da Favela do Jacaré e do Morro da Mangueira, ambos na Zona Norte de Rio. Há informações de que dois homens foram executados em um campo no alto do morro e tiveram seus corpos queimados. No dia 22 de julho, o funcionário de uma biblioteca popular Maicon da Silva Martins, 29, foi executado com vários tiros, na Rua Tenente Osório, um dos acessos à Vila Ipiranga. A Polícia investiga se ele foi vítima de traficantes que invadiram a comunidade.

Jorge Fraga de Oliveira Júnior, o Cachorrão, 31 anos

Em maio, o traficante Jorge Fraga de Oliveira Júnior, o Cachorrão, 31, retornou à comunidade onde foi criado para retomar as bocas-de-fumo de sua antiga facção criminosa, o CV. Contudo, sua liderança na Favela Buraco do Boi durou menos de 24 horas. Ele foi preso por policiais do 12º BPM (Niterói) com um fuzil Ruger, calibre 223, em uma casa no alto do morro. De acordo com a polícia, Cachorrão contou com apoio de bandidos das favelas da Rocinha, em São Conrado, Zona Sul do Rio, e do Sabão, em São Lourenço, Niterói – ambas controladas pela facção Amigos dos Amigos (ADA).

lmd_source=”23224373″;lmd_si=”33505537″;lmd_pu=”22478543″;lmd_c=”BR”;lmd_wi=”300″;lmd_he=”250″;

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s