Ex-PM executado na Zona Oeste do Rio era um dos acusados de participar de atentado à família do também ex-PM Chico Bala

Publicado: 20 de novembro de 2011 em Uncategorized

Integrante da milícia Liga da Justiça, o ex-cabo da Polícia Militar Wellington Vaz de Oliveira, 38 anos, foi executado dentro de seu veículo – o Gol preto placa KOM 8476 – em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, na noite do último sábado. O crime ocorreu na Rua Maria Lorosa, pouco após Vaz ter saído de uma churrascaria.

Ele foi surpreendido por três homens que desceram de uma Kombi e efetuaram cerca de 50 disparos contra seu automóvel. Ele estava foragido da Unidade Prisional (UP) – antigo Batalhão Especial Prisional (Bep) -, em Benfica, na Zona Norte do Rio, há um ano e dois meses. Agentes da Divisão de Homicídios (DH) estão responsáveis pelas investigações.

O chefe do Setor de Inteligência da especializada, comissário José Carlos Guimarães, afirmou que diligências já estão sendo realizadas e que as equipes vão tentar localizar estabelecimentos próximos ao local do crime que possuam sistema de câmeras de vigilância para solicitar as imagens.

O ex-PM, que foi lotado no 27º BPM (Santa Cruz), é acusado de participação no atentado ao também ex-PM Francisco César Silva de Oliveira, o Chico Bala, 41, em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, em agosto de 2007. Na ocasião, a mulher e o enteado de Chico Bala foram mortos.

O outro acusado de envolvimento no crime, José Carlos da Silva, o Tropeço, 42, – que foi expulso da PM em 1999 – fugiu junto com Vaz. Os dois, que respondiam a um processo por homicídio qualificado, participavam de uma obra para aumentar o muro do presídio e o desaparecimento só foi notado na contagem de presos feita à noite.

O atentado contra Chico Bala ocorreu no dia 27 de agosto de 2007, quando ele ainda era lotado no 25º BPM (Cabo Frio). O então PM estava acompanhado pela mulher, Maria Cláudia Silva de Oliveira, 31, pelo enteado Yan Coutinho da Silva, 13, e pelo sobrinho, Luan Santos Braga, 19. Todos estavam dentro do carro passando pela Rua 23, perto do Campo do Cancela, no bairro Balneário.

Francisco César Silva de Oliveira, o Chico Bala, 41 anos

O então sargento foi atingido nas costas, na mão, no ombro e duas vezes no braço. Seu enteado, baleado na cabeça e no braço, não resistiu e morreu ainda no local. Sua mulher, atingida na nuca e na barriga, morreu dois dias depois, no hospital.

Horas após o atentado, o então cabo Vaz foi preso, em companhia do ex-sargento da PM Ricardo Teixeira Cruz, o Batman, 40 (expulso em 1992), do ex-PM José Carlos da Silva, o Tropeço, e do inspetor da Polícia Civil André Luiz da Silva Malvar, que era lotado no Instituto Félix Pacheco (IFP) e genro do vereador Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho, 63.

André Luiz da Silva Malvar, o Malvar

Os quatro – todos indiciados no Relatório Final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Milícias – estavam no interior de um Ford Focus, na altura do KM 30 da Via Lagos, em Araruama. Com eles havia três fuzis – um AR 15 Colt, calibre 223, um Parafal calibre 7,62 de fabricação argentina, com numeração suprimida, e um Windhan calibre 556, com numeração suprimida e lanterna acoplada ao cano -, cinco pistolas – sendo uma Glock calibre 45, uma Glock .40, uma Taurus 9mm, uma Taurus .40 e uma Taurus PT 92, calibre 9mm -, 44 carregadores, cinco rádios Nextel, três rádio-transmissores, quatro celulares, dois binóculos, quatro toucas ninja, duas lunetas e duas granadas M-9, além de R$ 1.900.

O ex-policial civil também responde pela morte do inspetor da Polícia Civil Félix dos Santos Tostes, em fevereiro de 2007, juntamente com o ex-veredor Josinaldo Francisco da Cruz, o Nadinho de Rio das Pedras. Este último foi assassinado em junho de 2009, aos 42 anos. Ao ser preso, minutos após o atentado ao ex-PM Chico Bala, Malvar estava de posse de uma arma que, após perícia do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), constatou-se ser a mesma utilizada no homicídio de Félix.

ARQUIVO EXCLUSIVO SOBRE A GUERRA DAS MILÍCIAS:

Liga da Justiça x Comando Chico Bala

Autoridades com escolta reforçada após fuga de miliciano

Polícia prende Popeye com peruca de Olívia

Sem bala na agulha, Chico vai pra cadeia

Baixa no Comando Chico Bala: Bortolozzo executado em casa

Liga da Justiça: menos sete integrantes nas ruas

Acusado de ser o matador da Liga da Justiça é preso

Operação Têmis: Polícia prende 43 acusados de integrar Liga da Justiça

MP denuncia Batman por porte ilegal de armas

Da Batcaverna para a Prisão: Missão Suporte da Polícia Civil prende Batman

MP recebe documentos que comprovariam nomeação de Chico Bala

Matador do Comando Chico Bala é executado em Santa Cruz

PM que testemunharia contra integrantes do Comando Chico Bala é assassinado

Mais um capítulo na guerra entre milícias na Zona Oeste

Polícia investiga suposta invasão de milícia à cooperativa de vans

Efeito Chico Bala x Batman: dois comandantes são exonerados. PMERJ aproveita e altera outros 12 comandos

Queima de Arquivo: Chico Bala é acusado de matar testemunha de crime

MP instaura inquérito civil para apurar nomeação de Chico Bala

Guerra das Milícias do Rio chega à Brasília

O Chico não é mais Bala: agora é Chico dos Transportes

Outro acusado de ser miliciano é solto pela Justiça

Parece Velho Oeste, mas é Zona Oeste: a Terra sem Lei

Justiça denuncia ilegalidade na prisão de PM acusado de ser miliciano

Guerra da Milícia chega à Região dos Lagos

Polícia prende acusados de integrar Liga da Justiça

Criminoso procurado por tentar invadir DPO já responde a outros crimes

Chico Bala ataca DPO atrás de armas e mata PM

Guerra à vista entre milícia e TCP na Zona Oeste

Batman, O Retorno: Diretamente da Batcaverna…

Comando de Chico Bala sem bala

Guerra da Milícia: Liga da Justiça x Comando Chico Bala

Guerra da Milícia deixa um morto e um ferido na Zona Oeste

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s