Disque-Denúncia lança campanha para localizar assassino de escriturária em Arraial do Cabo

Publicado: 14 de março de 2012 em Uncategorized

Um cartaz com o retrato falado do acusado de matar a escrituária Denise Moraes Carvalho, 31 anos, está sendo divulgado pelo Disque-Denúncia com o objetivo de auxiliar as investigações policiais. O crime ocorreu durante o carnaval, na Região dos Lagos.

Moradora de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, escrituária desapareceu na terça-feira de carnaval, dia 22 de fevereiro, por volta das 22h, em Arraial do Cabo. O corpo dela foi encontrado no mesmo dia, com marcas de espancamento e enforcamento, em um terreno que fica nos fundos de uma escola, no bairro Pontal.

Segundo testemunhas, no momento do desaparecimento, amigos da vítima atravessavam um cruzamento e Denise ficou pra trás para dar informações a um desconhecido. Quando perceberam, a vítima já havia sumido.

“Desde o dia do crime estamos investigando. Já ouvimos todas as testemunhas, já encaminhamos o retrato falado do suspeito. Sabemos que Denise foi vista pela última vez conversando com um homem que dirigia um Sandero Prata e de acordo com as testemunhas, entrou espontaneamente no carro. Nosso principal objetivo é identificar o carro”, ressaltou a delegada Cláudia Faissal, titular da 132ª DP (Arraial do Cabo).

Quem tiver informações que ajudem no esclarecimento deste caso, pode ligar para o Disque-Denúncia (21) 2253-1177 ou 0300 253 1177 (para ligações feitas do interior do Estado – custo de ligação local). Não é preciso se identificar e o anonimato é garantido.

lmd_source=”23779196″;lmd_si=”33505537″;lmd_pu=”22478543″;lmd_c=”BR”;lmd_wi=”300″;lmd_he=”250″;

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Anúncios
comentários
  1. Marvin disse:

    Quanto mais legislação eu estudo mais descrente eu fico. É triste ver os familiares com cartazes pedindo “justiça”. Se esse animal for preso a única “justiça” compatível que será feita, será pela mão dos semelhantes desse elemento no cadeião. Penas mínimas cheio de benefícios para sua santidade o réu, pobre diabo, “vítima do sistema”.
    A melhor justiça que existe é lei de talião. O velho olho por olho dente por dente do velho testamento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s