Bando invade hospital para resgatar traficante e deixa um morto e dois feridos

Publicado: 19 de junho de 2016 em Uncategorized

c61f9557-0861-432e-9837-c08559e34994

Lotado no 5º BPM (Praça da Harmonia), o soldado Fábio foi baleado no momento em que chegava com um amigo doente ao Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio, na madrugada deste domingo, dia 19 de junho. O PM, que socorria o filho de um sargento da Marinha, foi surpreendido por cerca de 30 homens, que foram à unidade de saúde resgatar o traficante Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, 28 anos.

Irmão do traficante Marco Antonio Pereira Firmino da Silva, o My Thor, 46, ele chefia a venda de drogas no Morro Santo Amaro, no Catete, na região central do Rio. Preso na última segunda-feira, dia 13 de junho, após trocar tiros com agentes da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod), ele estava internado aguardando cirurgia. Com Fat Family os policiais apreenderam uma pistola CZ, calibre 9mm, com carregadores e munições.

Baleado no rosto no confronto, ele ainda não havia sido transferido para o Hospital Penitenciário por ter sido considerado em estado grave. A previsão era de que ele fosse operado até a próxima terça-feira, dia 21. Um médico que pediu para não ser identificado negou que o caso dele fosse grave.

13450748_1123492237694244_5318220088509090397_n

Um grupo de aproximadamente 20 homens fortemente armado com fuzis, pistolas e inclusive granadas, chegou em quatro motos e cinco carros ao pátio externo do hospital por volta das 3h30. Eles renderam um ambulante, colocando-o como escudo, e ao avistarem a viatura da custódia no estacionamento da unidade jogaram uma granada, que quebraram o vidro da porta.

Logo depois se assustaram com o carro do PM e efetuaram diversos disparos contra o automóvel, atingindo o policial e o amigo que ele socorria. Simultaneamente, aproximadamente outros dez criminosos rendiam uma funcionária da emergência e a obrigavam a mostrar em que andar estava o preso. Um enfermeiro foi baleado pelas costas. Ele está em estado grave.

Ao avistar os bandidos com fuzis e pistolas no início do corredor, os quatro PMs que estavam na custódia subiram a escada, correndo, enquanto os traficantes gritavam “perdeu”. Eles cortaram com um alicate a algema que mantinha Fat Family – que tem cinco anotações por crimes como homicídio, tráfico de drogas e associação para o tráfico – preso e o resgataram.

No pátio do Souza Aguiar ficou abandonado o Nissa Livina placa KYF 6752 – que consta como roubado na área da 7ªDP. No hospital foram arrecadadas várias cápsulas de calibres 762, 556 e 9mm.

O PM foi submetido a uma cirurgia e permanece internado. O amigo dele não resistiu aos ferimentos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s