PMs enfrentam escalas desumanas e alimentação racionada nas Olimpíadas

Publicado: 18 de agosto de 2016 em Uncategorized

c

 

Policiais lotados em Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) que foram colocados à disposição do 19º BPM (Copacabana) e do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) – para o reforço no policiamento durante os eventos previstos na programação dos Jogos Olímpicos – estão sendo obrigados a trabalhar em Regime Adicional de Serviço (RAS) Compulsório durante suas folgas também nas UPPs.

“Estou há quatro dias consecutivos trabalhando na escala 12x24x36 e na segunda folga me colocam na UPP”, desabafou um soldado que pediu para ter a identidade preservada com medo de represálias.

Durante o dia, os PMs contam com o apoio de guardas municipais, que fornecem a eles garrafas de água. Já à noite, os policiais recebem dois kits lanche para dividirem entre quatro PMs.

“Às vezes quando somos em cinco, ganhamos dois kits”, lamentou.

Acompanhe aqui outros absurdos a que os policiais têm sido submetidos no #RioOlímpico:

Merenda escolar para serviço de 12 horas

Pão em quantidade insuficiente deixa PMs sem café da manhã

Policiais recebem sanduíche vencido como almoço

PMs têm direito a ração fria para sustentar o corpo durante 12 horas de serviço

Com oito horas de descanso e sem refeição que compense o sacrifício

Policiais de UPPs proibidos de almoçar no rancho do batalhão

PMs proibidos de almoçar no rancho

Alimentação que não sustenta nem criança são oferecidas a PMs

Combustível racionado na PMERJ

PMs aguardam até dois anos pela liberação do Craf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s